Nome sujo – Tudo o que você precisa saber

Nome sujo – A partir dos 18 anos já é possível solicitar um cartão de crédito próprio, as vezes, até mesmo antes disso, essa variável depende dos bancos. A vontade de muitos brasileiros é possuir um cartão de crédito e realizar as suas compras parceladas, mas o que poucos sabem é controlar esses gasto, o que acarreta no inclusão do nome no SPC e SERASA (Nome sujo).

Ter o Nome sujo é um problema grave que impede que o cidadão realize diversas transições bancárias, financiamentos, consórcios ou aquisição de bens. Segundo pesquisas, parte dos Nome sujo são de adolescentes que começaram a sua vida acadêmica ou de pessoas que acabaram ficando desempregadas. Veja algumas dicas para se livrar desse grande problema.

Como pagar a fatura do cartão de crédito em dias

Geralmente a fatura dos cartões de crédito acabam ficando para o final do mês ou para o começo do mês. A depender das datas que o portador do cartão receba o dinheiro, é possível fazer um planejamento para que as contas sejam pagas em dias, veja algumas dicas abaixo:

Veja também:

Se um trabalhador recebe o salário até o quinto dia útil do mês, é ideal que o vencimento do seu cartão seja para o dia 06. Essa dica é essencial, pois nem todos tem controle financeiro, e se o cartão tiver um prazo maior para o pagamento, é provável que a administração do salário não seja da forma correta e que o trabalhador acabe ficando endividando, acarretando no parcelamento da fatura (veja as consequências por parcelar uma fatura do cartão de crédito logo abaixo).

Pagando o cartão de crédito no dia 06, não haverá tempo suficiente para o gasto do salário com outras coisas que não sejam prioridades, sendo assim, o trabalhador evitará que fique com o Nome sujo.

Parcelar faturas do cartão de crédito

Todos nós podemos passar por apertos, principalmente aqueles que não têm uma educação financeira ou nenhuma noção de administração.

É possível ver nas faturas do cartão de crédito a opção de parcelamento do valor devido, o que é extremamente arriscado, pois os valores podem vir duas vezes a mais do saldo restante da fatura. Essa é uma pratica comum entre os bancos, pois desse jeito, além de ganharem com a anuidade do cartão, também ganham com os juros altamente abusivos.

Se o parcelamento for o último caso, assim seja feito, mas é de fundamental importância realizar o planejamento para pagar a outra parte da fatura do próximo mês e mais o restante do valor que ficou da primeira fatura.

Em resumo, o portador do cartão pagará duas faturas, o que poderá sair pesado e se não tiver controle da situação poderá acabar com o Nome sujo.

Com quanto tempo o meu nome ficará limpo se eu não pagar a dívida?

Pratica comum de vários brasileiros: Efetuar diversas compras com o cartão de crédito e esperar passar o tempo para que o nome seja limpo.

Nome sujo

O que poucos sabem é a consequência que isso pode trazer para a vida de quem realiza essa prática. Além de ficar com o Nome sujo, não poderá efetuar transações durante 5 anos.

Não bastando isso, após “limpar o nome” do SPC/SERASA o cidadão que efetuou a dívida e esperou “pagar” com os 5 anos, não poderá realizar transações de crédito ou financiamento tão cedo com o banco.

Explicação:

  • O cidadão que realiza uma compra no cartão de crédito e não efetua o pagamento, o seu nome será incluso nos órgãos credores de crédito;
  • O dono do cartão de crédito, empréstimo ou financiamento receberá notificações e propostas com ótimas condições de pagamento;
  • Caso o pagamento não seja realizado e o cidadão opte por esperar por 5 anos, o seu nome será retirado do SPC e SERASA;
  • Nome retirado do órgãos credores, porém, o banco tem o seu histórico de dívida e acaba perdendo a confiança em você.

Em resumo, alguns bancos realizam consultas entre si, o que poderá acarretar ficar com o Nome sujo na praça por diversos anos, sem contar no “SCORE”.

O que é SCORE do banco?

O Score é uma pontuação imposta pelos bancos para determinar o seu nível de interação utilizando o seu CPF. Essa consulta do score é realizada principalmente para transações de crédito de grandes operadoras. Em alguns estados essa é uma prática abusiva e cabe processo jurídico (mais informações no código de defesa do consumidor).

Para ter um bom score é necessário que o cidadão realize transações com o seu CPF, efetue pagamentos em dias e evite que o seu nome seja negativado.

Negociar dívida limpa o Nome sujo?

Perante lei, é obrigação da empresa limpar o nome do cidadão após o pagamento da primeira parcela da negociação. O nome deverá ser removido dos órgãos credores de crédito e a pessoa poderá efetuar transações com o seu nome sem problemas algum.

Vale ressaltar que o não cumprimento do acordo acarretará na inclusão novamente no SCP e SERASA, deixando o seu Nome sujo.

Nome sujo – Tudo o que você precisa saber
5 (100%) 1 vote
6 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *